Peitoral: peitoral alongamento

Peitoral Colocando as duas mãos na nuca, peça para alguém que poça segurar seus braços na altura do cotovelo...

Suplemento - 16 de Junho de 2022
Peitoral: peitoral alongamento



Peitoral

Colocando as duas mãos na nuca, peça para alguém que poça segurar seus braços na altura do cotovelo e puxe para trás, mantendo assim por 20 segundos. Em seguida, basta voltar para à posição do começo.

Alongamento no canto da parede:
De pé, pesquise e procure por um canto de parede e coloque uma mão em cada parede com cotovelos fletidos;
De maneira devagar, vá deslizando as mãos para cima e abrindo os braços até sentir o alongamento;
Mantenha a posição por volta de 40 segundos.

Porque nós sentimos dores ao alongar a região dos peitorais?
Na grande maioria das vezes, sentimos algumas dores ao alongar certas regiões do corpo, pois elas apresentam alguma patologia inflamação ou desgaste ou demonstram certo encurtamento muscular, síndrome advinda da ausência da prática usual dos alongamentos, como ensinar a fisioterapeuta Gabriela Santos. Presentemente, sobretudo entre a recente pandemia da Sars-Cov-2, observa o crescente emprego formal na característica home ofice, o que apresenta longos períodos sob o uso de um computador ou de um notebook. Isso, segundo a especialista fala sobre a má postura principalmente quando o trabalhador atua em posições não anatômicas no escritório residencial. Essa postura, proporciona o encurtamento dos músculos peitorais, devido ao crescimento da cifose torácica e protusão acentuada de ombros, além da anteriorização da cabeça. Por isso, bastante pessoas estão apresentando cada vez mais a postura de ”corcunda”. Com várias alterações na posição postural é perceptível que haverá dores ao alongar, já que o movimento reposiciona as fibras diante da anatomia regular. Justo a tais circunstâncias, denota a urgência dos alongamentos para o peitoral na rotina, já que a aplicação colabora com a manutenção da harmonia corporal, finaliza a Gabriela.

Quais são os cuidados se deve ter ao alongar o peitoral:
Assim como qualquer outra forma de movimento de flexibilidade e de mobilidade, devemos ter certos cuidados ao finalizar. Os alongamentos em restante podem ser maléficos, então a melhor dica é finalizar entre 4 a 5 vezes na semana e, se for possível, acompanhados de um profissional credenciado, como um fisioterapeuta. Outros cuidados essenciais de serem tomados são a posição da coluna vertebral e dos ombros, pois eles devem está sempre alinhados. Além da coluna e dos ombros, fique atento para a posição da cabeça, pois o queixo não deve ultrapassar a linha do peito de nenhuma forma, ela deve se manter também alinhada.

Alongamento peitoral:
Para ter que alongar o peitoral maior, estenda o braço pegue e agarre um poste ou uma barra fixa com a mão a um ângulo de 90° em semelhança ao torso. Depois inicia-se a rodar de meneira devargar o peito na direção oposta à barra de apoio. Quando finalizar um lado, passe para o lado oposto e alongue o outro lado do peitoral maior. Para voce ter a certeza e garantir que está a alongar todo o seu peitoral maior repita esse movimento com a mão 6 centímetros mais alta e depois seis centímetros mais baixa. Esse movimento alonga sobretudo o músculo peitoral maior, mas também a parte anterior do deltoide e o bíceps braquial.

Gostou do conteúdo acima? Então deixe seu comentário, compartilhe com seus amigos, isso ajuda a mantermos o Blog no ar e trazer mais informações de valor para vocês leitores e apreciadores de conteúdos relevantes e enriquecedores.